Graça Cunha

    Graça Cunha 2019-08-23T14:41:50-03:00

    Project Description

    Graça Cunha

    Galeria

    Graça Cunha iniciou sua carreira em 1993, como Solista, no musical Noturno de Oswaldo Montenegro, na Oficina dos Menestréis. Além de cantora e intérprete, atua em estúdios, realizando locuções. Em sua trajetória, possui mais de 2.500 trabalhos que foram ao ar, entre jingles e locuções para TV, Radio e cinema.

    Assim como realizou participações em trabalhos de artistas renomados, como: Rita Lee, Jota Quest, Skank, Paulo Miklos, entre outros. Também participou em CDs lançados no Exterior, como “Eletrobossa Nights” (Azul Music) e “Brazilian Divas” (Experience Records, lançado apenas no Japão), e no Brasil, nos CDs “Cartola para Todos” (MCD), ”Um olhar” – Corciolli (Azul Music) e “Rio 58” – Roberto Coelho (MCD).

    A artista integrou de setembro de 2005 à 2016, a banda do Programa “Altas Horas” do apresentador Serginho Groisman, que vai ao ar todo sábado a noite pela Rede Globo, com reprise aos domingos e segundas pelo canal Multishow.

    Em 2007, lançou seu primeiro CD Solo “De Virada”, pela Gravadora Azul Music. Com este álbum, Graça foi indicada ao Grammy Latino em duas categorias: Melhor CD de MPB e Artista Revelação. Também recebeu uma honrosa crítica de Nelson Motta ao seu trabalho, no Programa “Sintonia Fina”, que ia ao ar pela Rádio Eldorado FM.

    Sua voz também se faz presente nos documentários “Pelé Eterno” (2004), “Cantoras do Rádio” (Nov./2008) e ”Fiel, o Filme” – documentário sobre o Corinthians, lançado em Abril/2009.

    Como cantora, possui duas linhas de trabalho: o autoral, em que apresenta suas próprias canções, e o de intérprete, em que apresenta a sua leitura interpretativa de canções. Como intérprete, realiza eventos sociais e corporativos em Casas de Show e Espaços de Eventos. Seu show é muito dinâmico e intenso.

    A irrequieta artista também possui forte atuação em musicais. Entre 2009 e 2010 – sob direção de Miguel Falabella – realizou o papel Motormouth Maybelle, em Hairspray. No cinema, este papel foi interpretado pela atriz e cantora Queen Latifah. Em agosto de 2010, participou do musical Rockshow, sob direção de Hudson Glauber, no teatro do clube A Hebraica.

    Lançou seu segundo álbum “Tiro de letra” em dezembro de 2011 e, em março de 2012, iniciou turnê de shows pelo Brasil. Em maio de 2015, lançou um EP com releituras de grandes compositores da MPB como: Belchior, Guilherme Arantes, entre outros.

     

             Em paralelo ao seu trabalho solo, Graça integra o grupo Divazz Trio. Com o grupo Divazz Trio fez shows na abertura dos jogos do torneio de futebol de pré temporada “Flórida Cup”, no início de 2017, em Orlando, Estados Unidos.

             Atualmente é uma das juradas do programa Canta comigo na Record Tv apresentado por Gugu Liberato. Também participa do projeto Notas Contemporâneas com direção e arranjos de Yan Montenegro, que acontece no MIS (Museu da Imagem e do Som) em São Paulo, no qual, a cada mês, um artista é entrevistado e homenageado. Nesse projeto Graça já cantou para Luiz Melodia, Ivan Lins, Lobão, Leny Andrade, Cida Moreira, Kiko Zambianchi entre outros grandes nomes da música popular brasileira.

             Graça realizou apresentações no circuito Sesc. Em novembro de 2017, foi a vez de se apresentar no Sesc Bauru. Em São Carlos,  se apresentou em agosto de 2018. Também se apresentou no Sesc-Pompéia, em fevereiro de 2019.

             Intercalando estas apresentações no Circuito Sesc, Graça realiza eventos e apresentações em grandes Casas, como o Bar Vista Obelisco, localizado no Roof Top do Museu de Arte Contemporânea. Sua performance entrega todo o legado de experiência prática que já viveu. Além de toda a vivência prática, Graça estudou Canto Popular e Canto Lírico, na ULM, com diferentes profesores.

    Vídeos