Música Como Trabalho: Profissão do Cotidiano

Na Grécia antiga, a música era considerada “a arte das musas”, e ocupava um lugar muito importante na vida da sociedade. Acompanhava as cerimônias, os funerais, as festas e as representações teatrais sempre compostas por melodia e poesia. Ao longo do tempo, a música tornou-se uma das artes plásticas mais universais que foi transformada e adaptada a cada época. Ouvir música é, sem dúvida, algo que todos fazemos, pelo menos uma vez, todos os dias.

Para além de apreciar, existem aqueles que possuem talentos musicais, que a música significa mais do que atividade recreativa, podendo ser um plano de vida e até mesmo uma aspiração profissional. Para quem tem vontade de se dedicar ao mundo da música ou aspira uma carreira musical, deve levar em conta certos requisitos, como vocação, capacidade artística, capacidade de expressão, talento criativo, compromisso profissional e, acima de tudo, a paixão pela música. São várias as profissões relacionadas à música:

Compositor musical

O trabalho de um compositor é analisar, compreender e praticar a teoria musical. O processo de criação envolve a técnica e o talento, pelo que é uma profissão de alto desempenho, com exigência vocacional intrínseca, competitiva e de base artística sólida.

Diretor de orquestra

Esta profissão tem o compromisso e a responsabilidade de liderar grupos, sejam instrumentos ou vozes, para interpretar peças musicais. O maestro é responsável por estabelecer as diretrizes, os ritmos, as entradas e saídas necessárias para a realização de um show.

Cantor ou intérprete

Alguns músicos preferem trabalhar sozinhos e decidem realizar uma carreira como cantores ou artistas, seja de composições populares ou composições próprias. Esta profissão pode ser feita de forma independente ou através de uma produtora que o ampare.

Dançarino ou coreógrafo

Dedicar à música envolve não só fazê-lo, mas também interpretá-lo. De forma que a profissão do dançarino deve adotar os ritmos sonoros para o movimento de seu corpo e expressá-lo através da dança. Esta profissão também é considerada uma das artes plásticas.

Professor de musica

A música também é usada para fins pedagógicos, por isso é possível desenvolver profissionalmente como instrutor ou professor, trabalhando para uma instituição ou de forma independente.

Produção de som

Este trabalho é bastante completo e se relaciona diretamente com apresentações ou eventos. Um engenheiro de som lida com fenômenos de som, como acústica, gravação ou produção. Este campo profissional está em grande demanda na indústria, pois é o principal responsável por fazer uso das tecnologias, bem como o design de som, de muitos projetos musicais. A Toca da Villa (www.tocadavilla.com) é uma produtora musical que pensa, planeja e realiza eventos exclusivos através de apresentações musicais para todos os gostos e temas.

Manutenção técnica de instrumentos musicais

Esta profissão é dedicada a projetar e fabricar diferentes instrumentos musicais, bem como a reparar ou a mantê-los. Isso requer um vasto conhecimento dos instrumentos, seus materiais e até mesmo a teoria musical.

 

By | 2018-05-13T14:21:03-03:00 setembro 28th, 2017|Corporativo|1 Comentário

Sobre o Autor:

Um Comentário

  1. Estevam Vieira 30 de março de 2020 em 17:05 - Responder

    Não foi citado aqui o instrumentista, aquele que executa bem o instrumento com muito investimento no seus estudos individuais e técnicos, compra instrumentos caríssimos para ter um bom resultado nas bandas e orquestras.

Deixar Um Comentário