Casamento ecumênico e inter-religioso

– diferenças entre as duas espécies de cerimônia –

         O casamento ecumênico é uma celebração religiosa em que os noivos professam religiões diferentes, embora ambas sejam religiões cristãs. Já o casamento inter-religioso é aquele em que os noivos professam religiões diferentes e, ao menos uma delas, é não cristã.

         Traçada esta primeira diferenciação, é importante destacar que haver religiões diferentes não deve ser impedimento para que haja harmonia e consensualidade na celebração.

         A cerimônia antecipa o respeito e a consensualidade que deverão pautar a relação, ao menos neste aspecto religioso. Esperamos, evidente, que em todos os outros aspectos também haja respeito, consensualidade e harmonia.

 

Casamento ecumênico e inter-religioso

 

         Seja um casamento ecumênico, seja inter-religioso, a cerimônia deve envolver os aspectos relevantes para cada uma das religiões. A premissa do casamento ecumênico e também do inter-religioso é a da justaposição, da consensualidade.

         Em muitas cerimônias, a depender de cada uma das religiões, há diversos ritos e muitas vezes estes ritos procedimentais são ambientados por música.

         E a música é um excelente instrumento agregador. Através da música é possível tornar o ambiente mais emotivo, aconchegante; podendo a música ser um expediente apto a aproximar pessoas de diferentes religiões.

 

 

         O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, com sede em Brasília, é o mais importante órgão de natureza ecumênica no Brasil, unindo as igrejas: Metodista, Católica Ortodoxa Siria no Brasil, Católica Apostólica Romana, Episcopal Anglicana do Brasil, Evangélica de Confissão Luterana, Cristã Reformada e Presbiteriana Unida do Brasil.

         Se o casal pertencer a outras denominações cristãs, devem procurar o padre ou pastor de sua igreja para se informar sobre a possibilidade de realizar uma cerimônia ecumênica.

         O casamento inter-religioso, por outro lado, costuma ser um pouco mais complicado, uma vez que muitas religiões desaprovam esse tipo de celebração. Em geral, a união de seguidores de Cristo com não-seguidores é realizada em ambiente neutro, como um salão de festas ou um sítio.

 

 

Casamento ecumênico e inter-religioso

 

         Nesse tipo de evento, é necessário tomar muito cuidado para respeitar os costumes de todas as religiões, seja não servindo bebidas alcoólicas, determinados tipos de carne ou mesmo abolindo discursos religiosos conflitantes.

         Uma boa opção é optar por cerimônias alternativas, como o Ritual das Velas, Cerimônia das Areias ou Cerimônia da Árvore.

         Vale lembrar que, qualquer que seja a saída escolhida pelos noivos para contornar diferenças religiosas, o casamento é um ritual de simbolismo universal: representa a oficialização da união entre duas pessoas que se amam.

         Por isso, é necessário muita conversa, paciência e respeito para que nenhuma das partes acabe insatisfeita com a cerimônia realizada.

By | 2021-02-15T14:08:23-03:00 fevereiro 16th, 2021|Casamento|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário